domingo, 20 de novembro de 2011

GOLOS E MAIS GOLOS

Finalmente os Lobitos conseguiram uma vitória por números bem claros, frente a uma equipa que realmente não se percebe como até aqui só tinha uma derrota e no jogo anterior… Alguma coisa aconteceu, pois o adversário praticamente não apareceu em jogo! Os Lobitos entraram como habitualmente em jogo e foram subindo as suas linhas e as oportunidades aparecendo. O adversário jogou praticamente sempre com um sistema tático pouco habitual e arriscado, mas que nunca lhes trouxe muitas vantagens. Os Lobitos desde cedo conseguiram contrariar esse posicionamento do adversário e começaram a aparecer as oportunidades desperdiçadas, fazendo em muito lembrar o jogo anterior. Duas bolas nos postes na primeira parte, fizeram os Lobitos lembrar tal jogo… Ainda mais, quando exatamente no mesmo minuto (7’ de jogo), fruto de uma dificuldade permanente do adversário sair de pressão, Fábio Lopes faz o primeiro para os Lobitos. O jogo era dominado pelos Lobitos e Luciano, com um remate fraco faz o 2 -0. Minuto depois, Diogo que já aparece em bom nível nos Lobitos e também a faturar, que numa boa movimentação, remata com grande objetividade para o terceiro. O CPCD perdido no jogo, pede imediatamente um desconto de tempo e consegue acalmar o jogo. A 3’ do intervalo, aproveitando a expulsão do GR adversário que tocou a bola com a mão fora da área, os Lobitos fazendo bem circular a bola fazem o quarto golo, por João Oliveira. Resultado ao intervalo, Lobitos 4 -0 CPCD.
No segundo período mais do mesmo, com a equipa adversária a nunca se conseguir encontrar e dado o resultado do jogo, este perde um pouco de ritmo. Com 13’ para jogar e numa boa combinação com Joca, Fábio Lopes bisa na partida e faz o 5 - 0. Logo de seguida, após boa jogada de Fábio Lopes, é Borralho a fazer o 6 - 0. Estava muito aberto o jogo e com muito espaço para jogar, até porque o CPCD nunca deixou de jogar com as suas linhas subidas. Os Lobitos com este resultado baixaram um pouco a intensidade e o CPCD fez o seu golo de honra (6 -1). Mas o jogo estava tão fácil que surgiram mais golos para os Lobitos. Numa transição, numa tabela que parece simples, Peixinho e Diogo fazem o 7 -1 com o primeiro a finalizar. Depois é Fábio Lopes que após um lançamento lateral, completamente sozinho na ala contrária, faz o seu hat-trick ao finalizar de primeira e sem deixar a bola cair, num remate com grande qualidade técnica (8 - 1). Mas o melhor golo da noite estava guardado para Borralho, que numa nova transição com Joca, a jogarem sempre a dois toques, acaba com Borralho a fazer um drible sobre o GR que ficou totalmente fora do lance (9 - 1). Ainda antes do fim, Borralho após mais uma transição em que fica cara-a-cara com o GR adversário e de forma bastante fria faz o seu hat-trick. Resultado final, Lobitos 10 - 1 CPCD.
Resultado por números elevados que espelha um adversário totalmente sem ideias e que nunca pôs o vencedor da partida em dúvida, apenas o fazendo antes do jogo, pelo bom início de campeonato que realizou. Uma nota para Borralho e Fábio Lopes, que fizeram três golos cada, Joca com três assistências e Luciano que fez o seu primeiro golo no campeonato, depois de ter estado em bom nível nalguns jogos.
Uma nota para finalizar, não foi dos melhores jogos dos Lobitos, mas foi um bom jogo pelos golos que se concretizaram.

3 comentários:

punter12 disse...

O que se passou para começar este desaparecimento do CPCD é que os 4 melhores jogadores do plantel foram para o Loures :) Desde aí, só derrotas ;)

fausto disse...

confirmo que sairam 3 dos melhores jogadores.

fausto disse...

Confirmo que sairam 4 jogadores po loures, três deles eram dos melhores do CPCD